A Kombi

A Kombi

O motivo pelo qual decidimos viajar de Kombi pela américa do sul é bem simples, e a nossa decisão foi bem racional. Aqui, a nossa explicação:

  1. Segurança: As Kombis das gerações T1 e T2 são as vans mais comuns da américa do sul. De 1950 – 2013 foram vendidas aproximadamente 1,2 milhões de vans  sob o nome de “Kombi”. Por esse motivo, um grande número de Kombis estão nas estradas da américa do sul. Se você não pintar a Kombi de uma cor bem chamativa ou colocar bandeiras da Alemanha nas janelas, você pode se encaixar perfeitamente na paisagem urbana local.

  2. Preço: Dentre todas as vans disponíveis no mercado, a Kombi é, na nossa opinião, a que mais sai em conta para a construção de um “Motorhome”. Kombis são veículos muito comuns, e é possível encontrar Kombis em versões mais antigas por preços baixos.

  3. Técnica simples e disponibilidade de peças de reposição: A disponibilidade de peças de reposição tem a ver com a grande quantidade de Kombis que vemos nas ruas . A Kombi estragou e precisa trocar uma peça? Não é o fim do mundo! Você pode encontrar peças de reposição na próxima oficina perto de você. Graças à técnica simples, você mesmo (naturalmente com um pouco de esforço, um alicate e um arame ;)) pode consertar a sua Kombi. Nós compramos antes da viagem um livro da série “Assim que se faz” sobre como consertar uma Kombi modelo T2.